Textos




nas Tuas mãos entrego a minha angústia e a minha paz
nas Tuas mãos nascem as noites e as manhãs
nas Tuas mãos se levantam ventos e acalmam tempestades


Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 25/11/2006
Alterado em 20/07/2013


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr