Textos


Poeta, faça seu Poema

(Indriso)
Maria Thereza Neves


no cintilar de cada nova estrela
que no éter encontrar
para retratar no seu olhar!


Olhe a fina garoa que cai
os reflexos do luar
o perfume de uma rosa a exalar...


Lá fora, a alma sem portas voa ...


A poesia acende luzes no mundo.


14/09/2010



Poeta, faz o teu Poema
(Indriso)
Maria Petronilho

escrevo o meu poema no horizonte
azul esmaltado do céu e do meu Tejo
confirmando o seu eterno sorriso

o sol ainda queima tanto as folhas
crestadas pelos fogos que desolam
este jardim celebrado em poemas

as flores que sobrevivem anseiam gotas de orvalho
apenas lágrimas saciam este povo angustiado.

14/09/2010



Poeta, faça o seu poema
(indriso)
Francisco Coimbra
 
olhando os versos penso poesia
sonhando ser aquele que olha
um sonho onde aspiro maresia
 
apanhando salpicos vou à proa
procurando fazer uma recolha
de sonhos soltos trazendo garoa
 
embarcando onde o mar molha
entregue à fantasia sem escolha.


 
Maria Petronilho e Maria Thereza Neves / Francisco Coimbra
Enviado por Maria Petronilho em 14/09/2010
Alterado em 20/09/2017


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr