Textos


América Violada (na hora do choque)


violaram a América
com focinhos de aço
o terror das asas
penetrou as torres espelhadas

diante de nós
almas atónitas
boquiabertas
explodiram
do espanto
as chamas!

assistimos incrédulas
ao ruir apocaliptíco
das imensas torres erguidas
há segundos tão soberbas
e orgulhosas insígnias!

a dor cobre-nos de estilhas
e ferragens retorcidas
nos céus sobem altas chamas chamas
no chão caem negras cinzas.

quantas vidas esbanjadas!

como calar os soluços?
onde afogar as lágrimas?








11/9/2001

Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 11/09/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr