Textos



Despenca a Alma
 
Morrem as asas ...
perdido sonho.
Poderia ter sido Poesia !
 
10/07/2010
Maria Thereza Neves

Morrem as asas

As minhas asas dolentes
vão soltando as suas penas
no rasto dos sonhos gorados.

Maria Petronilho

Que asas...

Cheias de amor perene,
teimam em ser teimosas
e seguem os sonhos largados.

Schimon Glodwin











Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 11/07/2010
Alterado em 11/07/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr