Textos


Amiga, canto contigo
mesmo sem inspiração
que o poema é magia!
oculta-se e todavia
sem que notemos revela
todos os cantos da alma
eleva-se ao céu tal chama
que nos devora e liberta
sobe no ar, é faúlha
que cingindo-nos radia
… cantemos essa canção!


Às amigas Susana Custódio e Malu, com muito carinho.
Foto de 23/09/2009: Susana, Maria, Malu.
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 27/09/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr