Áudios



Saudade dispersa


Envolta em silêncio e penumbra

minha alma busca a tua

abandona-se e mergulha


na saudade sempre acesa

daquela voz que não chega

da carícia que demanda


no nulo vazio se alonga em busca dessa outra alma

que lá no longe vagueia buscando unir-se em ternura

Enviado por Maria Petronilho em 25/11/2008




Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr