Áudios





Não tanjam sinos a finados

mas em serena melodia

tanjam as guitarras doces fados



Que não chore ninguém

e nunca nesses olhos veja pranto

pois me foi cedida a graça

de partir  em  paz, amando tanto!


Enviado por Maria Petronilho em 26/11/2006




Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr