Textos


O meu Veleiro

Poeta, tenho um veleiro
mas é tão pesada a vela
que mal consigo move-la
sendo assim,
vou à deriva
nas altas ondas da vida
se o mar estiver mansinho
vou num berço de carinho
velas brandas ondulando
o sol brilha lá no cimo
e eu olho-o chorando
poeta, tenho um veleiro
mas é tão pesada a vela!
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 08/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr