Textos






trago o coração dorido
deveria estar florido
de cravos vermelhos
em louros erguidos


ora fenecidos
sonhos e esperanças
no meu coração
revoluteiam lembranças
com lágrimas, angústias,
aguilhoam-me setas
injustiças, tramoias

seria esta data

memorável bravura
em festa celebrada

esgaçada a bandeira
débil voz ateima
grândola vila morena

nobre povo
saudemos abril!



25/04/2015
 
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 25/04/2015
Alterado em 25/04/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr