Textos




Bem lavo o coração de ardente pranto

Bem escondo nele o amor lesado

Volvendo o presente em passado!


E vou sorrindo a contragosto

Da afronta que me cai no rosto

Por deplorar vê-lo pisado



Como permiti acesso

Às minhas brancas salas onde acho

A perceptível cor do luto?!





Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 02/11/2006
Alterado em 02/11/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr