Áudios

Frágil Força
Data: 02/10/2006
Créditos:
Autoria e voz - Maria Petronilho
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Frágil força


A da flor que transluzindo

Num vigor desmesurado

Rompe no frio a clausura


Da terra que a encerra


No âmago a empurra

Profunda ânsia de altura

Aonde abraça a luz pura!


Gota de orvalho na beira

Da pálpebra enternecida

Na franja da madrugada


Que traga o sol que a traga

A eleva e a transmuda

Se na precária existência


Em clara vida e ternura!

Enviado por Maria Petronilho em 02/10/2006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr